área exclusiva para clientes

E-books

Tudo o que é bom é passageiro

No apartamento antigo, os amores e as azarações, o fervo e as dublagens das divas pop
Por
Thiago Rosa
Editora
Autografia
Formatos
Onde encontrar
Sinopse

“Eu queria, pelo menos, ter escrito uma história de nós dois. Poderia ter sido do tamanho de uma receita de bolo, dessas que a gente encontra na prateleira de supermercado, ou até do tamanho de um gibi, como os divertidos almanaques de férias. Poderia até ser um projeto de faculdade, com bancada e tudo, mas eu olharia sempre adiante, desejando que fosse como um livro de cabeceira, desses que a gente tem prazer em ler ou gosta de passar os olhos todos os dias num trecho preferido, independentemente do número de folhas e quantidade de palavras. Seria bem mais gostoso do que ter uma história enorme, do tamanho dos contos de Tolkien se, no final das contas, você nunca estivesse lá para dizer boa noite”.