área exclusiva para clientes

E-books

Denegrir

Denegrir

educação e relações raciais
Por
George Roque Braga Oliveira
Editora
Telha
Formatos
Onde encontrar
Sinopse

Denegrir, do ponto de vista semântico, indica a ação libertadora de conscientizar (-se) sobre a importância das relações afro-étnico-raciais. Numa perspectiva sintática, pode exercer a função de núcleo do predicado aliado à coragem singular e intransponível de compreender a importância da equidade racial. É estar livre das amarguras impostas pelo racismo através do ato político de tornar mais negro, escuro, enegrecido. Se denegrir é tornar negro, vamos ressignificá-lo para que jamais possa ser visto como algo ruim.

Os textos aqui reunidos buscam denegrir a história ao fazer emergirem conteúdos que foram esquecido, silenciados ou tratados de forma equivocada. Por isso, procura provocar uma reflexão acerca das questões abordadas num contexto de seriedade, dores, alegrias e realidades. Contudo, sem perder a leveza e a seriedade, traz as vivencias do autor frente ao mergulho intenso na luta antirracista em suas duas décadas enquanto um ativista do movimento negro brasileiro. Nessas andanças, diante das (in)certezas provocadas pelo racismo, dentre as diversas estratégias para mitigar as sequelas das desigualdades raciais, escrever e publicar artigos de opinião fez com que essa trajetória resiliente fosse fortalecida ao passo em que ousamos organizar e registar o pensamento como uma arma contra as opressões.