área exclusiva para clientes

E-books

Coral das Lavadeiras de Almenara

Coral das Lavadeiras de Almenara

Sagrado – Tradição - Contemporaneidade
Por
Nilza Borges
Editora
Autografia
Formatos
Onde encontrar
Sinopse

O Coral das Lavadeiras de Almenara é constituído por mulheres que, a partir de suas heranças ligadas à cultura e ao catolicismo popular, iniciaram seu percurso musical junto com o coordenador e músico Carlos Farias. As canções apresentadas são de domínio público, com fortes influências da religiosidade popular e também de compositores regionais registradas em três cds: Batukim Brasileiro (2002), Aqua (2005) e Devoção (2013). O período de existência do Coral foi permeado pelos espetáculos que apresentam três momentos: a oficina Conversa de Lavadeiras, o Ritual de Benção das Águas e o Show. O percurso realizado pelo Coral, a partir da sua oficialização em 1991, contém a vivência dos elementos locais característicos do grupo e que estão vinculados à questão midiática na contemporaneidade. A vivência do sagrado juntamente com elementos da tradição em novos contextos, associados às negociações midiáticas, mostram dicotomias, entraves que se dão por entre avanços e novas expectativas, além de contribuírem para as transformações e entrelaces que o Coral das Lavadeiras Cantoras vivencia em sua tradição e identidades próprias. Essas se mostram fieis às origens, mas abertas a renovação através de seus percursos que se realizam por meio das manifestações estéticas mediadas pela música de domínio público e inseridas no contexto da religiosidade popular. Tais elementos identitários formam um desenho peculiar através dos fazeres musicais e da devoção envolta pelo sincretismo, que constrói a vida artística do Coral em sua estética e performance. A história do grupo, que se movimenta desde 1991, mostra sua face peculiar, suas transformações e seus valores.